Início‎ > ‎

Maíra reencontra sua família

Desaparecida desde os 7 meses, Maíra reencontra sua família após longos 15 anos.

 

Avelina Geraldo Campos, coordenadora do Centro de Referência da População Migrante de Rua, ao saber que  Maíra procurava por sua família, resolveu pesquisar na net o nome da mãe e depois da avó, e descobriu através do cadastro nacional do Bolsa Família as informações  sobre a avó da menina.

imageA História
 
Maíra Luiza Bueno foi sequestrada por uma visinha ainda bebê em Piraquara,PR aos 7 meses de idade.
 
Em 1995, sua mãe Andreia Amália Bueno, hoje com 36anos e a  avó Maria da Penha Paulino, trabalhavam como ambulantes em Curitiba e deixavam o bebê aos cuidados da visinha junto com a Certidão de Nascimento para o caso de alguma necessidade médica. Um certo dia ao retornarem do trabalho não encontraram mais nem o bebê e nem a visinha e nunca mais tiveram notícias da  criança.
 
Três anos depois, Maíra foi abandonada --não se sabe por quem-- num abrigo em Presidente Prudente, no interior de SP e a 582 km de Piraquara. E foi adotada. A família que a adotou, após alguns anos a devolveu novamente não se sabe  por que.
 
Maíra conta que fugiu muitas vezes, dormindo nas ruas e passando fome até que  uma ordem judicial determinou que ficasse no Centro de Referência da População Migrante de Rua, em Presidente Prudente,SP.

A coordenadora do centro, Avelina Campos, e a educadora Edmeia Arenales passaram a investigar qual era, afinal, a família de Maíra. Cruzaram os dados da certidão de nascimento dela com os de diversos bancos de dados até que através do cadastro da Bolsa Família localizaram a  avó da menina. Em seguida acionaram a Prefeitura da cidade e o conselheiro tutelar Jorge Luiz do Nascimento comprovou que se tratava realmente da avó da menina.

O reencontro entre filha, mãe e avó foi muito emocionante com muitos abraços e lágrimas.

No último dia 28/Maio Maíra  se mudou para a casa simples de sua família em Campo Largo onde espera reconstruir sua história.

Mais uma história  de separação familiar, que serve de exemplo e de esperança para tantas famílias que  sonham com o mesmo final feliz.

 

 

----

 

 

Comments