Início‎ > ‎Reencontros‎ > ‎

Irmãos separados há 38 anos. Feliz reencontro.

postado em 17 de out de 2014 14:40 por DESAPARECIDOS DO BRASIL   [ 2 de mar de 2015 05:43 atualizado‎(s)‎ ]
https://sites.google.com/a/desaparecidosdobrasil.org/desaparecidos-do-brasil/_/rsrc/1414117051144/Home/reencontros/reencontros1.jpg



Irmãos separados há 38 anos. Feliz reencontro


Agradecimento, Depoimento


Gostaria de agradecer a ong desaparecidos!! Acharam meu tio e meus sobrinhos!! aqui no sul é so felicidade!!! gostaria de dar baixa em meu pedido , pois como encontramos meu tio e primos!! agora vamos torcer para que outras familias consigam o mesmo feito!! grata
Márcia lemes.


Parabéns Márcia. Quando puder, nos envie as fotos de vocês para postarmos na nossa galeria de reencontros e com isso levar esperança para todos aqueles, que assim como vocês, sonham com este dia tão mágico, que é receber a notícia do irmão, irmã, mãe, pai filho, desaparecidos há tanto tempo. 
Felicidades!
Amanda.



PS: Infelizmente não nos mandaram as fotos (03/2015)



 Histórico:

Márcia, um dia nos escreveu contando sua história e o quanto sua mãe sentia falta do irmão, de quem não sabia notícias há mais de 38 anos.

Meu tio desapareceu a mais ou menos 38 anos atrás. Saiu do RS e foi morar no RJ até então tínhamos contato através de uma tia, mas infelizmente ela faleceu de câncer e perdemos o contato !!! minha mãe hoje com 63 anos tem que fazer uma cirurgia da coluna e não queria ir para a cirurgia sem saber do irmão e reencontrar o irmão perdido a mais de 38 anos!! qualquer noticia por favor liguem 

Após a publicação no site, em Fev/2014, fizemos as primeiras 
pesquisas e  descobrimos que  o Sr. Donilson possuía endereço em São João do Meriti, no Rio de Janeiro. Demos a boa notícia para a Márcia em 6 de Março, mas ainda não tínhamos um  telefone de contato do Donilson.

Uma semana depois, Manuel S. Poeta, nosso querido amigo, sempre pronto a ajudar, informava que havia conseguido contato  com a esposa do Seu Donilson, D. Vilma.

""Falei com a esposa dele Sra. Vilma, que me disse que ele sempre fala das saudades da sua irmã que ficou no Rio Grande do Sul. Pouco depois recebi um telefonema de um primo dele de nome Marcio que me disse que ainda na semana passada ele havia falado na irmã. Estão muito ansiosos. Fico muito feliz de ter podido ajudar - Manoel S. Poeta""






Comments