Início‎ > ‎Reencontros‎ > ‎

Reencontro emocionante após 54 anos

postado em 30 de jan de 2013 14:29 por Desaparecidos do Brasil   [ atualizado em 28 de jul de 2015 19:12 por DESAPARECIDOS DO BRASIL ]

Proibida a reprodução das histórias. Autorização por escrito  -  Direitos Autorais


ESPECIAL

Ainda era época do Orkut e do MSN.  O ano 2008!

"Sou Elizabete Maria da Conceição, moro em Itanhaém litoral paulista.
Estou a procura de meus irmãos.
Eu e meus irmãos nascemos em Capela Alagoas. Certo dia, na década de 60, viemos para São Paulo para tentar a vida aqui.

Chegando na rodoviária de São Paulo, fomos roubados ficando sem nada, apenas com a roupa do corpo e documentos.

Eu fui para o litoral de São Paulo e meu irmão Luiz Fernando Fernandes da Silva foi para a cidade de São José do Rio Preto, para servir no Quartel lá. Hoje ele deve ser militar ou aposentado.

Depois daquele dia, nunca mais tive notícias de algum dos meus irmãos. Já estou com 73 anos, tenho 10 filhos e 16 netos, até um bisneto. [...] "


ELIZABETE MARIA DA CONCEIÇÃO - perdeu seus irmãos de vista nos anos 60,
quando saiu da sua cidade natal rumo a São Paulo, perdendo contato com todos.

Hoje, aos 75 anos, sua saudade a levou a pedir ao  filho que colocasse uma
mensagem na internet contando sua história e o quanto ela desejava reencontrar
seus irmãos e familiares (Comunidade DESAPARECIDOS DO BRASIL no Orkut - 20/09/2008) .

Em outra cidade, 
Eliana também ouvia histórias da família sobre uma irmã dos avós que há muito tempo
seus pais não viam e de quem gostariam de ter notícias.

Ela começou a pesquisar pelo nome da tia-avó na net e acabou encontrando  a mensagem da ELIZABETE procurando pelos parentes, na nossa comunidade do orkut.

Seu coração se encheu de esperanças, mas quando ligou para o telefone de contato que havia na mensagem,
a pessoa que atendeu o telefone disse que não conhecia nenhuma Elizabete!

Eliana então procurou pelo dono da comunidade, chegando assim até minha pessoa
e contou da sua frustração ao descobrir que no telefone de contato ninguém conhecia a ''Elizabete'',
que ela acreditava ser a parente que estavam procurando.

A partir disso, fui em busca de informações que me levassem até esta pessoa, a Elizabete ,
mas o orkut dela estava inativo, o que me frustou muito. Durante alguns meses e vários telefonemas dados sem sucesso,
voltei  àquele perfil inativo da Elizabete, na tentativa de encontrar alguma informação que  me levasse à ela.
Foi quando reparei que havia um rapaz, Oziel,  adicionado ao perfil dela e instintivamente fui em busca dele.

Liguei de novo para o tal telefone, sem sucesso, e não conseguia outro meio de comunicação,  prosseguindo nas buscas até um dia localizar um e-mail daquele rapaz do perfil dela, na internet e  adicionei aquele e-mail ao meu  MSN com grande esperança que o e-mail fosse válido.

Vibrei de alegria quando, naquela mesma tardinha, ele entrou no MSN e pudemos conversar longamente
quando então ele, em meio a muita surpresa, contou que era o  filho da Elizabete.
Eu não  cabia em mim de felicidade e e ele ainda meio desconfiado, pediu o contato da Eliane.

Contei para a Eliane sobre a conversa com OZIEL A dos Reis e puderam então conversar confirmando que de fato eram parentes.
Amanda iab/ Boldeke


O grande reencontro das famílias se deu em pleno domingo do dia das mães.
Uma grande alegria para a Dona Elizabete ( a do meio na fotografia ao lado) que reencontrou a família do irmão, após longos 54 anos.  29/03/2011


Por  I.Amanda Boldeke  (iab)

Onde começou.... http://www.orkut.com.br/Main#CommMsgs?cmm=9930947&tid=5248173109435090297




-
-----------------

Comments