Artigos‎ > ‎

Alagoas - Banco de dados para desaparecidos

postado em 28 de jan de 2013 17:48 por DESAPARECIDOS DO BRASIL   [ 28 de jan de 2013 17:49 atualizado‎(s)‎ ]
22/01/2012

ALAGOAS - Banco de dados para crianças desaparecidas

Com iniciativa da Universidade Federal de Alagoas (UFAL), o chefe do Laboratório de DNA Forense, Luís Antônio Ferreira, criou um banco de dados para cadastra informações dos desaparecidos e de seus familiares.

Segundo estimativa do Fórum dos Conselhos Tutelares, uma média de 40  crianças e  adolescentes desaparecem todo mês em Alagoas. O número vem crescendo significativamente o que motivou a criação do Banco de Dados. O Professor explica que as informações  estarão acessíveis para todas as pessoas, inclusive quem  estiver fora de Alagoas, facilitando assim a identificação do desaparecido pela fotografia e informações cadastradas no banco de dados.

O cadastro é gratuíto e pode ser feito no Laboratório DNA Forense, localizado na Rua Aristeu de Andrade, 452, no bairro do Farol, mediante apresentação das informações e foto do desaparecido.

 
Fonte:http://gazetaweb.globo.com/v2/noticias/texto_completo.php?c=222327#






................ooooooooOooooooo....................






Comments