Casos‎ > ‎

Minha mãe meus irmãos, onde estão vocês?

postado em 25 de jul de 2011 14:53 por Desaparecidos do Brasil
Com + ou - 6 anos me tiraram de vocês, minha mãe e irmãos,
onde estarão vocês?

Sou Rosa e procuro por minha Mãe e irmãos.
Celina Maria da Conceição, Vulgo Maria Alagoana e filhos, que me lembro apenas o 1º nome: Manoel, Zezinho, Maria, Maria José e José.

Minhas lembranças são vagas e algumas talvez criadas pelas historinhas que ouvi durante o tempo de criança em companhia de outras pessoas.

O destino preparou me uma surpresa desagradável. Minha mãe, não se sabe a real razão, emprestou-me para um casal para ajudar nos afazeres domésticos visto que a mulher se encontrava grávida. Desde então foi criada por outras pessoas que tornaram minha família, mas nada me fez esquecer que dentro desse mundo enorme, em um cantinho qualquer, estão minha real família e acredito que ainda me esperam assim como espero por eles.

Aos 06 anos de idade, minha mãe emprestou-me a um homem, hoje falecido, cujo nome era Vicente Gonçalves dos Santos. Fui levada por ele para sua casa onde vivia com sua esposa Rita e o 1º filho José que me criaram desde então e nunca mais revi minha família.

Fui registrada na adolescência, portanto não sei com certeza minha idade, mas é + ou – 61.
Minha mãe, Celina, deve ter entre 76 á 80 anos suponho.

Ela Trabalhou para os americanos, nome dado aos peões que trabalhavam na construção da Usina de Paulo Afonso na Bahia.

Certa vez, saindo de Alagoas rumo à Itabaiana em Sergipe, ela sofreu um acidente de caminhão no entroncamento do Rio São Francisco em Paulo Afonso, quebrando a perna e foi hospitalizada em Paulo Afonso. No interior do caminhão também estávamos eu e meus irmãos dentre outras pessoas. Enquanto se restabelecia, permanecemos em uma espécie de albergue, casa de repouso ou coisa assim. Após, seguimos à Itabaiana, onde ficamos morando e em pouco tempo fomos separados.

Ela tinha uma irmã que atendia pelo nome de Gersina.
Moramos também em Palmeira dos Índios(Alagoas) e em Arapiraca(Alagoas).
Posso ter nascido em Água branca município de pedra de delmiro, Penedo ou Palmeiras dos índios.
Recordo alguma coisa sobre Penedo uma região de caatinga.
Meu irmão mais velho, Emanuel trabalhou em uma fábrica de vinagre.
Lembro-me também que trabalhávamos nas feiras.
A família trabalhava com azeite de mamona, rendas e potes de barro.
Já moramos em uma região que tinha muita quixaba, pé de quixabeiras.
Antes de nos separarmos tive um tumor no joelho e depois um na cabeça.
Meu pai era chamado de João Carreiro.
 
Enviado por Jussara Ribeiro.
ecursoecurso yahoo.com.br
----------------------------------------------------------------------------------------------
Comments