Cadastro Nacional de Desaparecidos é adiado para setembro

postado em 28 de ago de 2012 07:03 por DESAPARECIDOS DO BRASIL   [ 28 de ago de 2012 07:13 atualizado‎(s)‎ ]
LANÇAMENTO ADIADO PARA SETEMBRO - 2012 

Cadastro Nacional  Desaparecidos do Brasil
O lançamento de um cadastro para reunir dados de todas as crianças e adolescentes desaparecidos no país, previsto para este mês, foi adiado. Regulamentada em 2009, a ferramenta está em testes desde março de 2010 e deve funcionar a partir de setembro, de acordo com a Secretaria de Direitos Humanos. 

O sistema vai permitir que tanto autoridades quanto cidadãos façam a notificação dos desaparecimentos, o que pode facilitar a busca por informações. (Veja ao lado como vai funcionar)

O Cadastro Nacional de Crianças e Adolescentes Desaparecidos foi instituído pela Lei 12.127 em 2009, porém a base de dados ainda não foi entregue e o atual cadastro disponível na internet está bastante defasado, com pouco mais de 1,2 mil casos registrados, entre 2000 e 2012, no site www.desaparecidos.mj.gov.br.

O novo cadastro vai funcionar no endereço www.desaparecidos.gov.br. Ele será atualizado por agentes de Segurança Pública e Justiça, conselheiros tutelares e pelo próprio cidadão. Apenas pessoas que desapareceram até os 18 anos poderão ser cadastradas, mas um Projeto de Lei que pede a ampliação do banco de dados para qualquer idade aguarda votação no Senado. O objetivo é que o novo cadastro tenha interação com páginas de redes sociais como o Twitter e o Facebook, já que as mídias sociais têm tido papel importante na localização de desaparecidos.
www.desaparecidosdobrasil.org

Facebook

VEJA COMO FUNCIONARÁ O CADASTRO -- Em testes
(www.desaparecidos.gov.br)


Quem poderá cadastrar desaparecidos?
Qualquer usuário cadastrado poderá regisrar desaparecidos. O procedimento é simples. Após o preenchimento de dados pessoais no site, o usuário receberá uma senha para registrar desaparecidos com fotos

www.desaparecidosdobrasil.org
Quem poderá ser cadastrado?
Apenas pessoas que desapareceram até os 18 anos poderão ser cadastradas

Há dados obrigatórios?
Sim. É preciso informar nome, idade e nome da mãe do desaparecido. Em seguida, devem constar o endereço do desaparecido, contatos da família e dados sobre onde e quando foi visto pela última vez. Características físicas e o número do BO são opcionais

Os dados serão confirmados?
Sim. Antes de serem publicados no sistema, todos os dados serão checados pela equipe do site

Como buscar desaparecidos?
Para buscas não há necessidade de senha. É possível procurar pelo nome do desaparecido, pelo número do BO do desaparecimento, por estado ou pelo período do desaparecimento. Ainda não há filtros por características físicas do desaparecido

Como informar a localização do desaparecido?
Ainda não será possível informar o reconhecimento de um desaparecido, mas todos os cadastros terão contatos dos familiares para facilitar sua localização.

Como era o antigo cadastro?
No site que deve ser retirado da internet, o registro de dados é feito por qualquer cidadão, sem a necessidade de cadastro anterior. O denunciante insere dados pessoais e do desaparecido. Algumas características físicas são obrigatórias. Não existe checagem dos dados.

Fonte: Secretaria de Direitos Humanos e Ministério da Justiça
Comments