Criação da Delegacia de Desaparecidos é publicada no Diário Oficial

postado em 12 de set de 2013 12:28 por Amanda iab   [ 12 de set de 2013 12:31 atualizado‎(s)‎ ]
  

DECRETADA A CRIAÇÃO DA  DDPD -

 DELEGACIA DA POLÍCIA DE PESSOAS DESAPARECIDAS EM SC


Florianópolis - Nesta terça-feira, 10, foi publicada no Diário Oficial a Portaria que oficializa a criação da Delegacia de Polícia de Pessoas Desaparecidas (DPPD). O texto estabelece a estrutura, organização e funcionamento desta especializada. A inauguração da Delegacia será no dia 24 de setembro, às 10h, na Rua Ademar da Silva, 1135 – 2.° andar, em São José (na mesma edificação da Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de São José).


De acordo com o Delegado Geral, Aldo Pinheiro D’Ávila, a nova unidade policial terá estrutura para atender a demanda de desaparecidos do estado de Santa Catarina, além de estar direcionada à possível identificação de cadáveres, para evitar o sepultamento de indigentes.


Estimativas apontam que, em Santa Catarina, cerca de 50% dos registros são referentes a desaparecimentos de adolescentes, o que demandaria auxílio das Delegacias de Proteção à Criança ao Adolescente, à Mulhere ao Idoso (DPCAMIs), nos procedimentos investigativos.


De acordo com o delegado Wanderley Redondo, titular da DPPD no estado, no ano passado, foram registrados em Santa Catarina, 3.319 desaparecimentos. Destes, apenas 1.372 fizeram um novo Boletim de Ocorrência registrando o reaparecimento da pessoa. O que significa que há 1.947 ocorrências abertas ainda, ou seja, que continuam sendo investigadas para saber se houve o reaparecimento da pessoa ou não.


Desta forma, para amenizar o número de ocorrências em aberto sobre desaparecimentos, a unidade especializada também faria a gestão de um mecanismo de alerta, que seria implantado no atual sistema de informações usado pela Polícia Civil de Santa Catarina, o Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP), e acessível a todos os policiais. “Assim, toda vez que uma pessoa que possua registro de desaparecimento for identificada numa unidade policial, o sistema emitirá um alerta para o policial civil, para que o registro de reaparecimento seja feito”, explica Redondo.


Comments