Everly Vicente

Filho encontra ossada da mãe desaparecida a 15 anos

postado em 24 de jul de 2010 20:23 por Desaparecidos do Brasil   [ atualizado em 24 de jul de 2010 20:34 por DESAPARECIDOS DO BRASIL ]

 Everly Vicente, desaparecida desde dezembro de 1994, com 19 anos na época, foi supostamente foi assassinada pelo marido, o taxista Nelson Brandão, que se suicidou  em 6/2010. Os restos mortais (ossada) dela foram encontrados no quintal da casa, em 23 de julho de 2010.

 “Ele era mais velho que ela e tinha muito ciúmes dela”, afirmou Erica Vicente, irmã gêmea da vítima, que completaria 35 anos no próximo dia 21 agosto. Na época, Nelson disse que a esposa havia saído de casa

para ir ao dentista e nunca mais voltou.

Na época todos ficaram desconfiados, pois Everly já havia terminado o tratamento odontológico.  Desconfiada de que Nelson poderia ter matado sua irmã, Erica procurou a polícia. “Na delegacia, disseram que eu tinha que provar que ele (Nelson) matou minha irmã. Era a palavra dele contra a minha”, lembrou Erica.

O caso veio à tona depois que Nelson cometeu suicídio no dia 30 de junho de 2010 . Ele se enforcou na mesma residência onde enterrou a esposa assassinada. “Ficamos ainda mais desconfiados e resolvemos procurar a polícia novamente, mas nenhuma providência foi tomada”, disse Erica, explicando como o corpo foi encontrado. “Meu sobrinho (filho da vítima)  começou a bater com uma marreta em uma área cimentada e percebeu um local mais oco. Cavando ele encontrou os ossos, roupas e cabelos”, detalhou.

Para a família não resta dúvidas de que a ossada pertence mesmo à Everly. “Agora eu posso enterrar minha filha e descansar em paz”, disse a mãe, dona Marilena. A Guarda Civil Municipal, policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) e peritos da Polícia Técnica Científica estiveram no local durante praticamente todo o dia de hoje.
 

1-1 of 1