_‎ > ‎

Waldinei Fernandes do Prado (Encontrado)

postado em 19 de ago de 2014 10:47 por DESAPARECIDOS DO BRASIL   [ atualizado em 16 de set de 2014 15:34 por Desaparecidos do Brasil ]
ELE FOI RECONHECIDO POR  UM MENINO DE 9 ANOS.

Foram longos 45 dias em que Waldinei ficou desaparecido. Ele é deficiente auditivo ( ouve bem pouco) e saiu de Fervedouro (MG) onde morava, para trabalhar em uma fazenda junto com o irmão e um amigo, em Xerém/Rio de Janeiro.  O irmão  não permaneceu muito tempo e voltou para sua cidade,  deixando Waldinei trabalhando lá , junto com o amigo.  Passados cinco meses, houve  algum problema e sem explicação aparente, ele desapareceu. (vide histórico  na publicação do caso) 

Durante este período desde o seu desaparecimento, seus irmãos não mediram esforços para tentar localizá-lo.  Valteon, se deslocou até a cidade onde o irmão estava trabalhando, procurou em todos os locais, sem conseguir nenhuma pista real, apenas boatos que ele teria sido visto em algumas regiões do Rio de Janeiro, e a cada nova informação, ia checar mas nada se confirmou.

Valteon teve que retornar para sua casa e trabalho, enquanto isso, mantínhamos contato com a família, orientando-a e  fazíamos campanha pela internet. Também solicitamos à jornais  locais que anunciassem o desaparecimento,  porém não houve retorno  dos editores ao nosso pedido.

Em 4 de setembro a irmã escreveu:

Hoje faz 34 dias que o Waldiney está desaparecido. As pessoas que declararam de ter visto ele estavam se confundindo com outra pessoa muito parecida. 
Valteon que estava a procura dele resolveu voltar para Natal ao seu trabalho.
Está aberta a investigação policial. * [...] 

Em 15 de setembro a boa notícia:

Boa noite senhores!!
o nosso irmão apareceu !!
após de 46 dias encontramos ele internado no hospital Don Pedro II em Santa Cruz.. Estamos providenciando a transferência dele perto de casa para melhor ajudar..
Muito obrigado pelo vosso apoio e ajuda!!  Vc foram fundamentais nas buscas e nos conselhos!!
Do fundo do nossos corações:  OBRIGADO!!!!!!


COMO ELE FOI ENCONTRADO

Em 12 de setembro, uma moça chamada Zandra, postou na rede a  foto de um rapaz desconhecido e sem memória, vítima de espancamento,  internado em um hospital.

""Está internado no Hospital Pedro II, no Rio de Janeiro, este rapaz da foto, que diz se chamar Valdinei e que é morador de Fervedouro.
Ele perdeu a memória e as pessoas do Hospital estão tentando ajudá-lo, já que estas são as duas únicas coisas que ele diz que consegue lembrar.""

Na manhã do dia 15 de setembro, um dos irmãos falava com a caixa do supermercado sobre  o desaparecimento de Waldinei, e um menino com cerca de 9 anos, ouvindo a conversa disse:  Deixa eu ver a foto. Olha, é ele está  lá no hospital. E mostrou o link com a foto postada pela Zandra. 

Foi uma euforia geral.
O cunhado seguiu imediatamente para o hospital e lá encontrou Waldinei ainda desnorteado e com muitas fraturas pelo corpo, devido espancamento.

 Soubemos que ele foi internado  dia 14 de agosto, em um hospital  distante quase 80 km de onde ele  supostamente fugiu naquela madrugada do dia 1/8.


Ainda não sabemos detalhes da agressão, isso só será possível após sua plena recuperação. 


O caso do  Waldinei nos ensina algumas coisas;

Primeiro, a forma como ele foi identificado pelo garotinho, que ouvindo a conversa, lembrou da foto postada na rede social.  Isso nos mostra  o quão importante é uma divulgação e  cada um fazendo um pouquinho que seja, colhem-se   resultados.



Segundo. Existem falhas técnicas no caso. Waldinei informou seu nome e cidade para os atendentes do hospital. Ele ficou um mês internado sem identificação. Por que não buscaram informações da família na cidade citada? Ou por que não publicaram o caso em jornais e informaram a polícia? Existe um B.O. de desaparecimento e era para a polícia estar investigando, da mesma forma que ela deveria ser comunicada da existência de uma vítima de espancamento.

Por que existem estas lacunas? São falhas graves que ocorrem com frequência nos casos de desaparecimentos e podem custar a vida de uma pessoa.





Siga..http://rosaouespinho.blogspot.com.br/












COMPARTILHE NO FACEBOOK 












18/08/2014 16:47:34

Desaparecido: Waldinei Fernandes do Prado
Nasc. 04/02/1988
Desap.: 01/08/2014
Local: Xerém RJ, praça da Mantiquira
B.O. - 061-01516/2014 061a delegacia de policia, Xerém, RJ. tel. 021 27753974

 Adulto tatuagem com escrito o próprio nome, uma cicatriz na testa, (Waldiney), problemas de audição, 1,75 cabelos preto, olhos preto. Ele saiu de Minas Gerais (Fervedouro) e foi em Xerém para trabalhar em uma fazenda. Morando na casa de um amigo (Adenilson Nascimento Vieira) na praça Mantiquira. desde o dia 1 de Agosto não tem mais noticias dele.
Cadastr. Irmão Valteon 


**Concordo

**Google


Entenda o caso.


Relato:
O Sr. Adenilson é de Minas Gerais da cidade de Fervedouro vizinho da nossa família e mora em Xerém a mais de 8 anos..Há 5 meses atrás buscou o irmão dele a esposa e 2 filhos para trabalhar em uma fazenda em Xerém e no mesmo dia Valteon (irmão de Waldinei) foi junto e começou a trabalhar nesta fazenda..Em seguida, Waldinei foi com ele para trabalhar nesta fazenda.

Depois de um tempo Valteon deixou a fazenda e o irmão Waldinei ficou lá com  o Sr. Adenilson. Nos ligávamos sempre para saber como Waldinei estava tb a causa dos problemas de audição dele. Chegou o dia perto do desaparecimento e Adenilson falou que Waldinei tinha mudado de trabalho de uma fazenda para outra. 

Segundo Adenilson, ele teria fugido sem levar seus pertences e nem  os documentos.
 NÂO ENTENDEMOS MUITA COISAS porque a cada hora surge uma historia diferente.  Note se que na noite do desaparecimento do menino segundo os familiares do Sr Adenilson ele teria sido visto dormindo na casa dele. Após 21 dias de buscas estamos esperando um milagre.  
Estamos em busca dele em Xerém, Santa Cruz e no centro da cidade.  

O nosso irmão Valteon encontra se no local procurando em abrigos, hospitais, delegacias e todas as ruas possíveis.. só que não tem mais pés para andar!!  

Valteon procurou o Sr. Paulo Ferrares do sitio Aras (Haras) Ferrares na estrada do Aviário, próximo ao Anselmo  (o ultimo patrão do Waldinei) e perguntou sobre o irmão.. Segundo o Paulo, Waldinei passou 20 dias sem trabalhar direito, não conseguia dormir, ficava andando de lá pra cá e falando coisa com coisa (para nós está descrevendo outra pessoa .. nao o nosso irmão).. mais isso é o que nos passou!! o Paulo declarou que falou com o Sr. Adenilson para levar o menino até a rodoviária e colocar ele no Ônibus, correto porque o rapaz é leigo e tem problemas de audição.. segundo o Paulo, Waldinei foi a pé para a casa do Adenilson onde foi hospedado mais nenhuma pessoa  levou o menino para a rodoviária e após 2 dias o Waldinei (as 3horas da manha) pulou o muro e desapareceu..      Muito importante: A empregada domestica Karla (que trabalha na casa do Sr Paulo Ferras) afirma ter visto o Waldinei as 7 horas da manha atravessar o viaduto tudo sujo, chamou ele para voltar para fazenda.. mais ele não deu atenção.

04/09/2014 
Após 34 dias do desaparecimento, Valteon, irmão do jovem desaparecido, retornou a sua cidade e trabalho. A família espera que a investigação policial solucione o caso e eles possam saber o que aconteceu com o Waldiney.

Qualquer informação, entrar em contato com este site.

Solicitamos publicação em jornal local. Aguardando resposta.


WALDINEI





Comments