Lista de algumas vítimas do "anjo"


ESTES SÃO APENAS ALGUNS NOMES DE 
BEBÊS VÍTIMAS DO "ANJO" em SC e RS

MIRIAM  23/3/1986
 OR  27/2/1986
SHAY  27/7/1985
NOAH  30/10/198
ODED  13/10/1985
SEGEV  19/12/1985
 LIA E LÉA 13/06/1985
LIRAN  07/09/1985
ROHI  17/09/1985
JULIUS 02/07/1985
HAMI 
TOM 14/07/1985
DARIA  29/09/1985
SHAHAR 20/11/1985
NATALI  23/08/1985
JOAQUIM 15/18/1985
CARMEL 29/05/1985
SHAY  - 08/03/1985
EINAT  04/05/1985
NOAH 14/09/1985
IDAN 30/09/1985
YAEL - 24/08/1985
SOLINE  06/11/1985
IDAN  03/031986
RACHEL18/01/1986
ISAAC 04/03/1986
YAHEL05/03/1986
LALI  18/03/1986
AITI  24/03/1986
NOIT  17/03/1986
OFRY 27/12/1985
ROBERT  - 16/10/1985
SARA  19/07/1985
ALINE 
 23/08/1985
DORON 22/09/1985
ARON 17/09/1985
MATAN 26/08/1985
SHIR 05/08/1985
TALI  01/10/1985 
SOPHIE  11/10/1985 
NAHAMA  31/03/1986
OMER  14/05/1986
RACHEL   11/05/1986
LABORI - 17/09/1986
OREL  - 26/12/1985
YOAN  - 28/10/1985
KRYSTLE - 22/11/1985 
URI  - 14/10/1985
ORLY  - 17/11/1985
TOMER  - 07/11/1985 -
TAL  - 21/08/1985
TAL  - 11/03/1986 
OFRI - 24/02/1986
ELAZAR - 20/08/1985
ALEXANDER  - 14/07/1985 
ELIOZ  - 05/05/1986 
 LIRAZ  05/05/1986 -
ILIL  - 09/05/1986
ZEEV  - 25/04/1986
SHIMRIT  - 06/05/1986
BAT-EL  - 03/05/1986
LEEHE  -  01/04/1986
NOAM - 04/11/1985
KIM - 25/04/1986
SHALON  - 29/041986
YOTAM  - 01/05/1986
ALINE  - 29/06/1985
ADI  - 03/02/1985
GUIAM   - 03/09/1985
LIBI  - 13/11/1985
DANA  
GIOVANNA  - 30/03/1985  -
SHAY - 02/10/1985 
FLORINDA 11/02/1985
PATRIZIA - 02/06/1985 
ELI  - 26/04/1985
SHAY  - 12/02/1985
IDAN  - 11/04/1986
MAYA  - 03/04/1986
IRIS  - 20/03/1986
YARDEN - 03/04/1985
CAREN  - 29/03/1986
TAL  - 11/04/1985
AMOS - 04/06/1985
RAM  - 02/07/1985
DAVID  - 05/06/1985
YAIR - 10/17/1985
RACHEL - 27/04/1985
SALOMON  - 31/03/1985
EILA , - 04/08/1985
OZ  28/08/1985
YARDEM  - 22/09/1985
ORY  - 25/07/1985
LIMOR   14/09/1985 


Cesário e Arlete, que nos anos 80 intermediaram e  comercializaram milhares de crianças no Brasil, afirmaram em sua defesa perante a justiça, que fizeram um bem à estas crianças livrando-as de um futuro pobre e tenebroso. 

Os milhões que eles  faturaram com esse comércio hediondo, segundo eles, foi o pagamento pela  'boa ação' que praticaram, em média 5 a 10 mil dólares por bebê), um negócio bilionário, pelo qual ficaram na cadeia menos que um ladrão de galinhas ficaria hoje.

Eles ainda afirmam, que já pagaram seu débito com a justiça e nada devem à sociedade, porém hoje, centenas dessas crianças que foram criadas em Israel, França, Alemanha e outros países,  querem conhecer sua história biológica, principalmente saber se eles tem irmãos e conhecer a mãe biológica. Esse vazio em suas vidas, jamais  será recuperado, mas eles querem ver cumpridos seus direitos como cidadãos brasileiros subtraídos ilegalmente do seu país.

Provavelmente, no auge do  'negócio' ilícito, Cesário, Arlete e os outros sequestradores de crianças, jamais imaginaram que suas  vítimas indefesas um dia cresceriam e se tornariam seus principais acusadores e juízes. 
Por Amanda.iab






Leia mais....

ASSUNTOS RELACIONADOS:     





► Tráfico Internacional no Rio Grande do Sul